Bordeaux na pandemia

Como bordeaux foi atingida pela pandemia? Como ficou a campanha de en primeur? Com essas duas perguntas, a @larvf fez uma excelente matéria na edição que chegou às telas hoje. Justine Tesseron, do Pontet Canet, liderou a campanha, ao lançar no fim de maio, seu vinho da safra 2019 com uma redução de 31% do preço. Vendeu em horas a produção. Dez dias depois Mouton, vizinho em Paulliac, fez o mesmo. Bordeaux se saiu bem da crise, apesar do estresse. A pandemia mudou a viagem de centenas de jornalistas, importadores e donos de restaurantes. Milhares de amostras de vinhos, mais de 4 mil meia garrafas, viajaram pelo planeta de avião para chegar aos que decidem.

 

Fotos: Nadia Jung

 

Neste ano, 2021, abril, o mais cruel dos meses na pena de um dos mais importantes poetas, trouxe perdas pesadas aos principais vinhedos franceses. Rhone, Bordeaux, Champagne e Borgonha tiveram perdas, ainda não quantificadas. Na borgonha, se fala em perda de 30% na média. Vale lembrar que 2010, minúscula safra na borgonha, iniciou uma forte ascensão dos preços que marcou uma virada. 2021 pode marcar uma nova.

 

Fotos: Nadia Jung

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
INSTAGRAM
Latest Travel Blog
Close

Pisando em Uvas

Explore o universo do Vinho

© 2019 Pisando Em Uvas. Desenvolvido por DForte
Close