Chou: “ no escurinho do cinema “

 

 

 

 

Hey, 60 segundos caros de tua atenção:
 
“Chou” , o restaurante colado à bunda aqui de casa, não curti, ponto.
 
Vamos à velha brincadeira: “verdade ou hipocrisia ?“, que faço sempre no antes, durante e depois.
 
De 0 a 5?
 
Vale “2 estrelinhas” ? Sim, pela simpatia do lugar, dos funcionários, nem de longe.
 
Olha, sou sensível, então nem pense em vir com puxa-saquismo.
 
(e, falando nisso, alooooooo, puxa-sacos, saiam da minha frente porque já os conheço desde a primeira troca de olhares nossos. E os detesto!)
 
1 –  Tem mosquito e fui picada assim que cheguei ( reserva das 19:30). Local semi-aberto, área verde e em tempos de febre amarela no BraZil? Há, não vou nem comentar.
 
2 – Escuraço. Não estava ali procurando talheres, nem cabelo na comida, muito menos problemas a inventar, pelo contrário, mas jantando debaixo de uma copa de árvore com uma mini vela acesa e mais 10 metros de festão com lâmpadas âmbar distribuído no alto das mesas não dá nem para ler a conta. Nem vem dizer que é romântico. O máximo de escuro no limite é o TANTAN NUDES BAR, passou daquilo já é cinema!
 
3 – Serviço do vinho, ótimo: contei ( porque sempre conto) 7 funcionários no salão e vieram à mesa duas vezes para servir o vinho. Bem, pensei, se eu estivesse em Paris, reclamaria daquilo que todos sabem, exceto o serviço do vinho.
 
4 – Depois do couvert, uma espera longa pelas duas entradas. Tic- Tac,Tic-Tac.
Veio a moça e disse: “seu pedido só pra confirmar”, e, claro, rolou uma desculpa, que eu obviamente não engulo, nem com DR goela a baixo.
 
5- A entrada. Só a minha chegou. Apenas meus cogumelos. Ou seja, talvez eu devesse comer sozinha, olhando para a cara do meu parceiro. Óbvio que ele comeu comigo. A dele chegou uns 10 minutos depois.
 
6- Nao ouvi desculpas. Mas teve uma “cortesia“, que não era cortesia, mas sim parte do couvert que chegou depois. Não tocamos. Meu humor já estava pilhado com mais uma picada de mosquito, mas tu sabes que acabei comendo? Comi, sim… Porque a gente só pode falar daquilo que experimentou, e eu como de praxe, quando estou irritada, NEM QUIS CONHECER O PRATO PRINCIPAL.
 
7- Minhas observações finais antes que tu me deletes e que justificam as duas estrelinhas lá do céu:
como sou “meio“ ecoxiita, curti que se usou o mesmo prato até o fim sem aquela palhaçada inconveniente de troca de pratos. Garoou em nossas cabeças, isso é tão SP! Sim, sou esquisita porque dessa parte há um gozo. Tem ar condicionado no equilíbrio. A conta vem rápido, rápido meeeesmo. Não cobram rolha, AINDA. Não tem Wi-Fi, ou seja, em tempos modernos é um lugar bem rustiCÃO, até limpam a mesa enquanto tu estás conversando nela (…).
 
Ps: vou reduzir para uma estrela, caso tu não tenhas entendido que 175 reais por um prato principal bem menos do que o esperado, duas entradas atrasadas e um couvert bem basiquinho com servicinho carioca, é considerável, Caro Amigo Gafanhoto!
 
Aproveite o Chou, se tiver mais paciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
INSTAGRAM
Latest Travel Blog
Close

Pisando em Uvas

Explore o universo do Vinho

© 2019 Pisando Em Uvas. Desenvolvido por DForte
Close