Garimpando rótulos mais em conta

                            Christopher Griffith for The New York Times

 

O dólar e o euro nas alturas farão a reposição das importadoras ficar entre 30% a 50% mais caro nos próximos meses. Ir atrás de garrafas de boa qualidade preço agora ficou ainda mais importante. @pisandoemuvas traz no site (link na bio) algumas dicas.

Pizzato
Nem só de vinho estrangeiro se vive. O terroir da serra gaúcha nas mãos da família Pizzato é a opção mais segura em brancos, tintos, rosés ou espumantes. Por uma nota de 50 reais, se tem a melhor qualidade-preço do país.

Rosés
Jacques Seysses, do Domaine Dujac, e Aubert de Villaine, co-proprietário do DRC, são sócios desse projeto na Provence. Por R$ 115, é uma ótima pedida, ainda mais se o prato for uma paella (aliás, onde se come uma boa em SP?). Na @claretsbrasil

Brancos

Roger Luquet é um produtor em Fuissé Mâcon, um terroir menos badalado da Bourgogne. Produz Pouilly Fuissé, Saint Veran, Mâcon. O seu rótulo de entrada, a R$ 177, na https://www.animavinum.com.br é tiro certeiro.
Bordeaux não é apenas terra de tintos. De lá saem ótimos brancos que são pares perfeitos para os frutos do mar do rio que separa as duas margens mais famosas do mundo enológico. O Chateau Marjosse, com a assinatura de Pierre Lurton, é um dos melhores vinhos disponíveis abaixo de R$ 300. Custa R$ 139 na Clarets.
Na Delacroix, o bourgogne vale conhecer os ótimos vinhos de Jean Claude Rateau, como o bom branco:
ttps://www.delacroixvinhos.com.br/bourgogne/haute-cotes-de-beaune-blanc-2017.html
Na ótima e pouco conhecida, mas antiga (é de 1992), tem o confiável macon branco do Domaine Eloy a 110 reais. https://www.tastevin.com.br/produto/macon-village-domaine-eloy-2018/

Tintos

Dá para beber bordeaux abaixo de 120 reais? Dá. Dois exemplos:
https://www.tastevin.com.br/produto/bergerac-chateau-laulerie-2015/
https://www.tastevin.com.br/produto/chateau-cleyrac-2016-2/

Tem vinho francês legal pra beber abaixo de 150 reais perto da Borgonha?
Chermette é considerado um dos melhores produtores de beaujolais. E mais importante seus preços no Brasil são de Beaujolais.
https://www.wines4u.com.br/pais/franca/beaujolais/beaujolais-rouge-les-griottes-2018-domaines-chermette.html

Quer gastar um pouquinho mais? Vá de Sylvain Pataille? Tinto ou branco? Ou rosé? Qualquer um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
INSTAGRAM
Latest Travel Blog
Close

Pisando em Uvas

Explore o universo do Vinho

© 2019 Pisando Em Uvas. Desenvolvido por DForte
Close