França com sotaque capixaba

Em 29 de janeiro, um grupo de cerca de dez viticultores franceses, entre eles Eric Rousseau e Jean Claude Ramonet, dois dos maiores nomes da Bourgogne, embarcarão em um avião em Paris rumo ao Rio de Janeiro, onde desembarcarão no dia seguinte para uma estada de quatro dias. A viagem – Ramonet não entra em um avião desde 1996 – marcará a estreia no Brasil da importadora de vinhos de Jussiê Vieira (juss-millesimes.com.br), um capixaba que jogou por uma década no Bordeaux, continua morando por lá e aposentou as chuteiras ano passado.

Pouco antes de encerrar a carreira, Juss, como é conhecido, começou a pensar no que gostaria de fazer depois de pendurar as chuteiras. Sabia que não queria continuar no futebol, fosse como supervisor, nem como treinador, resolveu então investir em uma paixão aprendida quando foi jogar na França. “Nos almoços, o vinho era oferecido aos jogadores, mesmo antes de um treino. Aos fins dos jogos, quando ganhávamos, garrafas eram dadas pelos dirigentes a nós jogadores”, diz. Cidade pequena, as pessoas logo o reconheceram e descobriram rapidamente sua paixão pelo vinho. ” Os produtores passaram a ver que eu gostava de vinho, aí então foi um pulo para que me convidassem para visitar as propriedades e para compartilhar garrafas”, observa ele, que fez o curso oferecido pelo Wine & Spirit Education Trust (Wset), concluindo o módulo 3.

Com um portfólio recheado de estrelas (da Bourgogne, além dos vinhos de meditação de Rousseau e dos brancos de emoção de Ramonet, estão na lista os excelentes vosnes de Nicole Lamarche, os vinhos do genial Jean Marie Fourrier, os ótimos brancos de Fontaine Gagnard, os Chambolles reflexivos de Roumier, os gevreys da estrela em ascensão de Gevrey Chambertin Duroché, que tem despertado a atenção de Rousseau, os chablis de exceção de Raveneau, Dujac, Ponsot, Méo Camuzet, etc; na Champagne, os minerais e elegantes champagnes da Agrapart, que no exterior são um dos melhores custos benefícios das borbulhas champenoises), a viagem marcará a apresentação oficial da importadora, que pretende vender seus vinhos pelo site (juss-millesimes.com.br) e ter as pessoas físicas respondendo por 80% da receita. Também planeja realizar eventos periódicos para aproximar os dois elos. “Nosso foco é ser um canal direto entre o produtor e o amante dos vinhos, com eventos que criem esse relacionamento e o valorizem.”

Apesar de a paixão ter se iniciado por Bordeaux, logo ela se estendeu pelos vinhedos da Côte d´Or, que chamaram a sua atenção pela filosofia, pelo apelo familiar e pela crença menos comercial. Anos atrás, quando o presidente da França era Nicolas Sarkozy, um ministro ligou para o Domaine de la Romanée Conti e quis comprar uma caixa de uma safra. A resposta foi curta: não era possível, era preciso se cadastrar na lista de clientes e ficar na fila. “Há um ditado aqui na França: em Bordeaux, você não degusta nada, mas pode comprar tudo, na Bourgogne você pode degustar tudo, mas não se compra nada, isso me chamou muito a atenção”, diz.

O portfólio terá produtores franceses da Bourgogne, Rhône, Loire, Champagne, Beaujolais e do Sudoeste e dará um pulo na Espanha, mais especificamente em Rioja, com os rótulos do francês Olivier Rivière, que cultiva entre vinhedos próprios e de terceiros 25 hectares entre Rioja Baja, Alta e Alavesa. No Rio de Janeiro, serão realizados jantares, um deles a inauguração do novo restaurante do chef Alberto Landgraff, que comandou o bom Épice na Haddock Lobo por alguns anos, e um jantar com a Wine Advocate no restaurante Emile, do hotel Emiliano, construído no antigo consulado austríaco, que hospedará os produtores. Mais de 95% dos vinhos serão de viticultores exclusivos. Após o evento, o site deverá entrar no ar com a venda dos rótulos. A ideia é que o negócio possa se expandir além do Brasil, com Jussiê de olho no Peru e na Colômbia.

Juss Vieira aprendeu a gostar de vinho ao jogar por uma década de Bordeaux, mas o coração bate mais forte pela Bourgogne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
INSTAGRAM
Latest Travel Blog
Close

Pisando em Uvas

Explore o universo do Vinho

© 2019 Pisando Em Uvas. Desenvolvido por DForte
Close